Como é que o teste de paternidade pode ser feito?

Um Kit para recolha de ADN pode ser encomendado, online, ou levantado nas nossas instalações do porto ou lisboa. Ambos os intervenientes terão que executar uma colheita de células da boca. É recomendado que a colheita seja feita por um esfreganço bucal com a duração de 30 segundos.

Após a colheita de ADN, se optar por realizar em sua casa, esta deverá ser enviada para o laboratório, para que o laboratório realize o exame e determine o vinculo biológico entre estas duas pessoas. A maior parte dos testes de paternidade utilizam cerca de 16 marcadores genéticos, a testepaternidade.pt (sob a forma legal registada CódigoADN™), utiliza 20 marcadores genéticos, este número é superior aos testes legais executados pelo instituto de medicina legal e superior ao número de marcadores existentes nos laboratórios em Portugal.

Quanto maior o número de marcadores genéticos utilizados, mais conclusivo é o teste de ADN, desta forma a testepaternidade.pt providenciará a certeza que tanto precisa. Cada teste é realizado duas vezes para garantir 100% de fiabilidade. Os resultados serão entregues entre 3 a 5 dias úteis.

Que marcadores genéticos testamos?

O nosso teste de paternidade examina os STR (short tandem repeat markers), estes marcadores estão legislados e são utilizados em todos os testes de ADN. Nós não fazemos um exame direto ao cromossoma Y, porque este não define exatamente quem é o Pai. Porque o cromossoma Y é o mesmo em toda a linhagem paterna, então a criança tem o mesmo cromossoma Y que um irmão ou até mesmo o seu pai biológico.

É possível saber quem é o pai antes da criança nascer?

Um teste de paternidade pode ser realizado antes da criança nascer. Este teste de paternidade é não-evasivo e será necessário realizar uma colheita de sangue na mãe e células da boca do alegado pai. Antes da realização de um exame destes é necessário estar grávida de mais de 8 semanas. Informe-se no nosso apoio ao cliente como realizar este exame.

Teste de Paternidade Pré-Natal não invasivo

A melhor forma de explicar um teste de paternidade não-invasivo é olhar para o teste de paternidade oposto, o teste evasivo. Este teste requer células que são obtidos pelo liquido amniótico da placenta. Estas células são acedidas por uma gaulha que é inserida dentro da placenta.

Um teste de paternidade não evasivo apenas requer uma amostra de sangue da mãe e células da boca do pai, desta forma não necessita de nenhum procedimento evasivo. Um teste de paternidade não evasivo pode ser realizado a partir da oitava semana de gestação após a concepção. Desta forma fica assegurado que não existe risco envolvido com a extração de sangue (amostra da mãe).

Após todas as partes estarem de acordo, a recolha de sangue (ADN) será realiza pelos nossos enfermeiros nas nossas clinicas de ADN ou no seu domicilio.

Precisa de um teste de paternidade? clique aqui para obter toda a informação que precisa

Leave a reply