Os 10 Mitos sobre os testes de paternidade

Descubra abaixo os 10 mitos sobre os testes de paternidade

10 - É preciso esperar até que o bebé nasça para se fazer um teste de paternidade.

Não. A paternidade pode ser estabelecida antes de o bebé nascer com um teste de paternidade pré-natal. O novo teste de paternidade pré-natal da CódigoADN agora torna possível obter respostas mais precisas e de forma mais segura do que nunca. Cada situação é única e vários testes podem ser escolhidos. Fale com o apoio ao cliente da CódigoADN para uma consulta confidencial e sem compromisso, ou leia mais aqui sobre teste de paternidade Pré-Natal.

9 - Eu não suporto sangue ou agulhas, por isso eu nunca poderei participar num teste de paternidade.

Actualmente as amostra de sangue ainda são usadas, no entanto, na maioria dos laboratórios são utilizadas zaragatoas bucais, é um procedimento indolor para recolher a amostra de ADN de dentro bochecha do participante. A zaragatoa é semelhante a um cotonete de algodão, mas é feita de um material chamado de “Ducron”, o que cria uma superfície consistente para que as células da bochecha adiram. veja aqui as diferenças/ fiabilidade entre o sangue e a saliva.

8 - Um teste de paternidade de 150€ é a escolha certa para mim.

Um teste de paternidade de 150€ pode ser mais caro para os intervenientes no longo prazo. Estes testes geralmente não são confiáveis ​​porque o teste de adn acaba por ser feito fora dos protocolos da indústria e / ou realizado por uma equipe inexperiente, o que poderia levar a resultados que são interpretadas de forma incorrecta e levando a resultados falsos. (Saiba mais Aqui)

7 - Se eu fizer um teste de paternidade, as pessoas vão acabar por descobrir que fiz o teste.

Cada caso é único e deve ser tratado com a máxima confidencialidade. Os procedimentos são privados e discretos. Nos laboratórios da CódigoADN, os seus resultados são confidenciais. No entanto se for necessário um teste de paternidade Judicial, o seu caso irá a tribunal, e o Juiz irá divulgar os seus resultados. Se realizar um teste em privado , uma vez que receba os resultados, você decide o que fazer com eles.

6 - O Teste de paternidade divide famílias

O Teste de paternidade tem muitos benefícios. Este pode ser usado em adoção, imigração, genealogia e outros casos de construção de família. O Teste beneficia a criança nos casos em que a paternidade deve ser verificada para fins de herança ou de seguros e, em casos que envolvem apoios à criança. É verdade que se precisa fazer um teste de paternidade é importante que se prepare para os resultados; Após a receção dos resultados, o importante é conseguir tomar as ações certas e seguir em frente.

5 - O Teste de paternidade leva muito tempo. Preciso dos resultados agora.

Se optar por um laboratório privado que tenha uma equipa dedicada a todo o processo, o teste de adn pode ser feito de forma muito rápido (até 3 dias úteis). No entanto se está a pensar recorrer a institutos governamentais de apoio à criança, este teste pode levar meses para o processamento e papelada. Veja aqui a comparação dos tempos de execução do exame de paternidade.

4 - Não sei onde está o meu ex-namorado. Sem ele, nós nunca vamos saber quem é o pai do meu filho!

Em algumas situações, o suposto pai não está disponível ou não quer participar em um teste de paternidade. Nestas situações, um teste de avós pode ser a solução. Este teste usa o ADN dos avós paternos para determinar se a criança é biologicamente relacionado com os avós. Este teste determina se a criança é um descendente dos avós, por isso, se eles tiverem mais de um filho, todos os filhos serão incluídos como potenciais pais da criança. (Teste de Paternidade com Avós – Saiba mais Aqui)

3 - Eu não posso fazer um teste de paternidade, porque o potencial pai do meu filho está no estrangeiro.

A CódigoADN tem centros de recolha de ADN de norte a sul do país. Os nossos parceiros estão presentes em mais de 168 países. Todos os locais estão familiarizados com testes judiciais e processos documentais de forma a garantir uma Cadeia de Custódia permitindo que os resultados sejam utilizados em tribunal. As amostras podem ser colhidas em diferentes momentos e em diferentes locais.

2 - Não importa onde o meu teste de paternidade é realizado porque todos os laboratórios são iguais

Os laboratórios não são todos iguais. Certifique-se sempre que o laboratório escolhido é certificado e que realiza duas vezes o mesmo teste de forma a garantir 100% de precisão e eliminar falsos resultados. É importante aferir se de facto os laboratórios são autorizados para fazer testes de paternidade, se obedecem às leis do próprio país, têm instalações abertas, livro de reclamações e todos os documentos legais. Para atestar se o laboratório está autorizado a fazer testes de paternidade no seu país peça o número de contribuinte e verifique o CAE da Empresa. Nenhuma empresa estrangeira pode exercer atividade em Portugal, sem estar devidamente licenciada.

1 - O teste de paternidade é caro

A alguns anos atrás os testes de paternidade custavam mais de 1.000€. Devido à evolução da tecnologia um teste de paternidade está situado entre os 225€ e 525€. A qualidade nunca deve ser sacrificada por preço, especialmente em situações tão sensíveis como teste de paternidade. Certifique-se de que o laboratório vai testar os resultados duas vezes para garantir máxima precisão.

Consulte aqui todos os nossos testes de adn.

veja aqui a comparação de todos os testes de paternidade que temos disponíveis, preços, acuidade e rapidez do resultado. >>

Leave a reply