Teste de Paternidade: Ler os Resultados da Tabela

resumo

Os laboratórios da CódigoADN têm crescido e já são líderes em vários mercados, especificamente na realização de testes de paternidade de ADN, realizando mais de um milhão de testes de paternidade por ano. Cada teste é realizado em instalações de ponta, o que garante a entrega de resultados via email de 3 a 5 dias após a chegada das amostras ao laboratório. O relatório detalhado do teste de paternidade contém termos científicos e legais para descrever o nosso processo altamente preciso e os seus resultados. Aqui está um resumo das diferentes seções do relatório e o que elas significam para si.

Uma visão geral do relatório dos resultados do teste de paternidade.

O relatório dos resultados do teste de paternidade da CódigoADN contém as seguintes seções principais, com cada uma exibindo informações importantes.

  • Tabela do sistema genético (tabela de tamanhos de locus / alelo) – Perfis de ADN
  • Índice de Paternidade Combinado* (nem todos os relatórios exibem este dado)
  • Probabilidade de Paternidade
  • Conclusões do teste

 

Resultados dos testes de paternidade: Perfis de ADN

Os laboratórios da CódigoADN testam pelo menos 21 «sistemas» Marcadores Genéticos diferentes no seu ADN, conforme listado na coluna “locus”, e compara-os entre os intervenientes no exame. Cada criança herda uma cópia desse segmento do ADN da mãe e uma cópia do pai. Esses segmentos de ADN são chamados de “alelos”. A nossa tecnologia determina o comprimento dos alelos de cada participante e compara-os com os comprimentos dos alelos do suposto pai para determinar o número de correspondências. Se a mãe participar, os alelos da mãe também serão comparados. No exemplo abaixo, a criança tem dois conjuntos de alelos em cada marcador e pode ver que tem pelo menos uma destas combinações com os alelos do suposto pai.

 

Nota: As marcações coloridas são apenas para fins ilustrativos e não estão incluídas nos relatórios reais.

Usando estatísticas, o Índice de Paternidade (listado como PI na tabela no canto superior esquerdo) indica a força da correspondência em cada Locus (localização do ADN). Na maioria dos casos, pelo menos um dos alelos da criança em cada local deve corresponder a um dos pais naquele local. Além disso, a localização do ADN que mostra o sexo de cada participante (masculino ou feminino), chamado locus Amelogenina, também é testada. Este sistema é representado por letras (X,Y) em vez de números. Um X ou dois X significa feminino, enquanto um X e um Y significa masculino.

Quando os testes de paternidade envolvem familiares diretos.

Às vezes, podem ser testados mais sistemas no seu ADN para aumentar a fiabilidade dos resultados – por exemplo, quando dois possíveis pais são parentes. Nesse caso, esses também são mostrados a seguir aos 21 sistemas comuns. Quando uma criança tem dois alelos do mesmo tamanho, ela aparecerá como apenas um número na tabela. Por exemplo, no primeiro lugar nesta tabela, a criança recebeu um “16” de ambos os pais. poderia aparecer no formato 16,16 ou pode aparecer apenas um 16;

 

Resultados do Teste de Paternidade: Índice de Paternidade Combinado (apenas presente em alguns relatórios).

O índice de paternidade combinada é o número no lado inferior esquerdo do relatório (na seção Interpretação), diretamente abaixo da tabela do sistema genético (este número é usado para chegar à probabilidade de paternidade). Se é considerado o pai biológico, existe um número diferente de zero para o Índice de Paternidade Combinado. Se não é considerado o pai biológico, o relatório mostra “0” (zero).

O Índice de Paternidade Combinado é uma razão de probabilidade que indica quantas vezes mais provável o pai testado tem em ser o pai biológico da criança, do que outro qualquer homem não relacionado selecionado aleatoriamente de uma base de dados mundial com especial atenção na origem étnica. No exemplo acima, este individuo tem 533.475 vezes mais probabilidade de ser o pai biológico da criança que qualquer outro homem da raça caucasiana. Este número varia de perfil de adn para perfil de ADN. Quanto maior este número, mais fortes são os resultados.

 

Resultados do Teste de Paternidade: Conclusões do Teste

O relatório mostra uma de duas conclusões: “não é excluído como o pai biológico” ou “é excluído como o pai biológico”.

Se a conclusão é: “não está excluído como o pai biológico“, isto significa que o possível pai é o pai biológico da criança, uma vez que todos os dados colhidos no teste sustentam uma relação de paternidade.

Se a conclusão é: “está excluído como o pai biológico”, isto significa que o possível pai NÃO É o pai biológico da criança, pois todos os dados colhidos no teste não sustentam uma relação de paternidade.

 

perguntas frequentes…

 

P: No meu teste aparece uma mutação genética, uma incompatibilidade num único sistema, mas a probabilidade de paternidade é superior a 99%. Como isto pode acontecer?

R: É possível que haja uma mutação no sistema genético da criança ou do possível pai nesse local. Os analistas levam em consideração as mutações ao fazer os cálculos e chegar a conclusões. Portanto, mesmo que haja uma incompatibilidade, o homem ainda pode ser considerado o pai biológico da criança testada.

 

P: Os resultados dos testes de paternidade podem estar errados?

R: Os laboratórios da CódigoADN processam cada amostra duas vezes, por uma equipe separada de técnicos, para eliminar a possibilidade de erro humano para garantir resultados extremamente precisos. Se os resultados dizem que o suposto pai é “excluído”, isso significa que não há probabilidade de que a pessoa seja o pai biológico, com base na análise de ADN.

Se os resultados mostram que o pai “não está excluído”, isso significa que há quase 100% de probabilidade de que a pessoa seja o pai biológico – no exemplo acima, uma probabilidade de 99,99998%. No entanto, se os possíveis pais forem parentes próximos, como irmãos, é importante informar o laboratório que os dois possíveis pais são parentes. Podemos fazer testes adicionais para aumentar a precisão nesta situação.

 

P: A probabilidade de paternidade pode ser 100%?

R: Não. Os resultados dos testes de ADN são todos baseados em estatísticas. Muito simplesmente, para obter uma probabilidade de 100%, teríamos que testar todos os homens do mundo com uma origem étnica semelhante à do suposto pai que está a ser testado. E por razões óbvias, isso não é possível!

 

Em suma,

Interpretar um teste de paternidade não é difícil, mas também não é seu dever faze-lo, se tem dúvidas ligue com o laboratório que lhe executou o exame de ADN e peça ajuda na sua interpretação. A parte mais importante para si é a conclusão onde está escrito se é o pai ou não da criança. Se pretende ler os resultados do teste de paternidade em menos de 2 segundos, basta procurar a secção probabilidade de paternidade: um número superior a 99% é o pai biológico da criança, um número igual a zero não é o pai biológico da criança.

Leave a reply