Teste de Paternidade com Avós – Tudo o que precisa de saber.

resumo

Às vezes, estabelecer a paternidade não é tão fácil quanto parece. Se o suposto pai não está disponível para a realização do teste de adn, em alternativa pode-se recorrer a um teste de ADN com avós. Neste artigo apontamos 6 razões para a execução do teste de paternidade com avós, quem tem que dar consentimento e porque deve ser feito o mais rápido possível. Se autorização dos tutores legais não se pode realizar o exame. Pode, no entanto, recorrer a tribunal para obrigar os tutores legais da criança.

Quando o suposto pai não está disponível para a execução do exame a solução é um teste de adn entre familiares. Este deve ser sempre realizado num laboratório com muita experiência neste tipo de análises, pois este exame exige sempre uma interpretação cuidadosa por parte do analista.

O teste de ADN entre avós mostra se uma criança está ou não relacionada biologicamente com os avós paternos e, assim, ajuda a estabelecer a identidade biológica da criança. Claro que este exame também pode ser utilizado para o estabelecimento da maternidade, se necessário. Neste caso em vez da participação dos alegados avós paternos irão participar no teste de adn os avós maternos.

6 Razões para fazer um Teste de ADN com Avós

Muitos avós por vezes solicitam estes exames porque estão preocupados que não sejam os avós biológicos da criança. Estão preocupados e simplesmente querem saber a verdade. Ser um avô requer apoio emocional e financeiro por muitos anos e, se houver uma dúvida quanto à paternidade de um neto(a), os avós querem ter certezas que são mesmos os avós. Além da paz de espírito, também pode haver razões legais para querer confirmar uma relação biológica.

Os motivos para confirmar a paternidade de uma criança, incluem:
.

  • Preocupações com a saúde
  • Morte do suposto pai
  • Problemas de custódia da criança
  • Problemas de herança
  • Paternidade questionável da criança
  • Paz de espírito

Como funciona o teste de adn com avós?

Ao contrário de um teste de paternidade que é uma comparação direta de perfis de ADN, este tipo de análise é um pouco mais complexo, assemelha-se a resolver um enigma mas com o ADN: quando mais participantes contribuírem com seu ADN, mais peças podem ser utilizadas no “quebra-cabeça” de forma a que a sua montagem no fim nos dê uma imagem completa.

Quem precisa de participar no teste de adn com avós?

.

  • Um ou ambos os pais do suposto pai (Os avós)
  • A criança
  • A mãe da criança, se possível

.
O teste é mais preciso quando há dois avós para testar – ambos os pais do possível pai. Na ausência de um avô, o teste ainda pode executado. No entanto, é importante saber que os resultados podem não ser tão conclusivos quanto precisam ser, para se estabelecer a paternidade e / ou maternidade. Se for possível, a mãe da criança também deve participar para contribuir com “mais peças para o enigma” e assim se obter resultados conclusivos.

O ADN é colhido facilmente com zaragatoas sem qualquer tipo de dor para os participantes no exame.

Importante:

Se precisa dos resultados por razões legais (herança ou imigração, por exemplo), o teste realizado em casa não é uma opção. Para obter resultados judiciais admissíveis, deve ligar com o laboratório de forma a agendar a colheita de ADN nos nossos parceiros.

Se optar por fazer um teste de adn informativo, em que a colheita de adn pode ser realizada em casa, e se não é o tutor legal para agir em nome de uma criança menor, então terá que obter todos os consentimentos necessários antes de enviar o ADN do menor para o laboratório.

O teste pode ajudar a proteger os direitos dos avós

Como avô paterno, realmente não sabe se os seus netos são verdadeiramente seus. Embora ame a criança, nada pode substituir a garantia (um teste de adn) confirmando que as crianças estão relacionadas biologicamente consigo. Felizmente, agora tem a opção de solicitar um teste de ADN com avós.

Pode haver algumas razões pelas quais a mãe da criança se recusa a permitir um teste de ADN com os avós paternos. Nestes casos, terá que solicitar ao tribunal que o teste seja executado. Não pode seguir com o exame sem o consentimento do tutor legal do menor.

Conclusão

Os netos são uma das maiores alegrias da vida, mas se tem dúvidas sobre um relacionamento biológico, é aconselhável fazer algumas “perguntas” agora, para evitar um desgosto mais tarde. Entre em contato connosco se tiver dúvidas quanto à execução do exame. É importante e imprescindível garantir que os tutores legais do menor deram o seu consentimento para a execução do exame do adn.

Teste de ADN com Avós, preços, rapidez e tudo o que deve saber sobre os testes de ADN com avós. >>

Leave a reply